Maior importador mundial de lixo para reciclagem, China muda regras, proíbe a entrada de determinados materiais e decisão atinge países como Japão e EUA


Você sabia que uma parte considerável do lixo produzido no mundo vai parar na China?

É que o país é o principal importador mundial de muitos tipos de materiais – como plástico, papel e metais – para reciclagem.

Com demanda crescente por produtos plásticos e de papelão, o país busca material tanto internamente quanto no mercado internacional.

De acordo com informações das Nações Unidas, em 2016, fabricantes chineses e de Hong Kong importaram – do Japão, dos EUA e de nações da União Europeia –  7,3 milhões de toneladas de plástico para reciclagem. O montante equivale a 70% de todo o plástico descartado no mundo naquele ano.

Pois é, mas tanto lixo reunido só poderia, mesmo, trazer problemas em algum momento, certo? E trouxe. 

O meio ambiente chinês anda sofrendo com o lixo “sujo” e, muitas vezes, perigoso que tem chegado ao país.

Por isso o fluxo deve mudar já a partir desse ano.

Em julho do ano passado, o governo chinês anunciou a proibição (a partir de 2018) da importação de certos tipos de materiais para reciclagem.

A medida – que preocupou diversos países do mundo – incluiu novas regras a respeito dos tipos de materiais recicláveis que, desde o último dia 1º, poderiam ser importados legalmente. A determinação também incluiu a proibição da entrada de 24 categorias de materiais e de despejos sólidos no país. 

Com o pânico global – provocado pelo anúncio – a Organização Mundial do Comércio (OMC) e os países exportadores apelaram à China para que adiasse a proibição e abrisse a possibilidade de um "período de transição" de cinco anos.

As negociações – segundo a imprensa local – continuam.  Pequim, por exemplo, concordou em adiar o começo das novas regras até 1º de março. Mas as empresas dos países exportadores enfrentam, agora, o desafio de encontrar o que fazer com o material quando a proibição começar a vigorar.

[Fonte: Portal G1 // Natureza] 




Ultimas Notícias

É preciso que se compreenda quais são os caminhos que levam à obesidade

Postado por:

Chega aqui mais perto e fala sério: quando você se propõe a emagrecer, adota dieta, suuuaaa na academia, passa vontade de comer guloseimas, sobe na balança ao fim de alguns dias e....? Nenhum grama a menos. Ou..tá, vai...poucos gramas descontados do peso que incomodava. Agora pensa só para engordar? Pior que o verbo está certinho. A sensação é de que...pensou...puft!...engordou! Não é assim mesmo?

LEIA MAIS

Conheça os alimentos que ajudam a controlar a ansiedade

Postado por:

Responda rápido: você é ansioso(a)? Sim? Não?

LEIA MAIS

Veja estas dicas da UniCor sobre a importância de ter uma pós-graduação no currículo

Postado por:

Estudar, obter conhecimento, sempre foi – e sempre será – a forma mais segura – verídica e perene – de alcançar outros patamares na vida.

LEIA MAIS

UninCor adere a Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos

Postado por:

A UninCor participou, na última terça-feira, 2, de reunião para assinatura simbólica do Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Educação, com apoio do Ministério da Justiça e Cidadania, e realizada em parceria com a Associação Comercial de Minas - ACMinas e o Movimento Conspiração Mineira pela Educação.

LEIA MAIS

Pós-Graduação Unincor - Todos os Direitos Reservados.
POLÍTICA DE TROCA, DEVOLUÇÃO E ARREPENDIMENTO
CNPJ 54.933.536.0001/99