Desfeito um mistério: os vikings podem ter pisado na América muito antes de Colombo

Desfeito um mistério: os vikings podem ter pisado na América muito antes de Colombo
  •  

Pode confessar aqui para a gente, você também é fã de “Vikings” e “The Last Kingdom”, ambas produções disponibilizadas por uma certa provedora global de filmes e séries de televisão via streaming...

É ou não é?

Bom, você sabia que aventureiros noruegueses navegaram em busca de pistas dos bárbaros, exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos que invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII até ao século XI?

Ufsss...tudo isso para falar dos...vikings!

Em 1960, um casal norueguês – o aventureiro Helge Ingstad e sua esposa, a arquiteta Anne Stine – navegou até um distante e pequeno vilarejo de pescadores no extremo norte de Terranova, na costa atlântica do Canadá.

Ao visitarem o lugar perceberam que era muito parecido com o que tinham visto na Groenlândia. 

Rio que ainda tem salmão, um terraço marinho, praia elevada (e coberta com grama), além dos contornos característicos das casas...

Por muito tempo, a área foi chamada de “campo indiano” porque os habitantes locais acreditavam que, no passado, tinha pertencido a povos indígenas.

Porééém, quando o casal de exploradores aportou por lá e notou as semelhanças com o território autônomo da Dinamarca, percebeu que, sim, estava diante de provas físicas – efetivas – de que, há mil anos, os vikings foram da Groenlândia para a América do Norte.

Tá...e o que tem isso de tão incrível?

Ora, significa que os amigos de Ragnar Lothbrok e Uhtred de Bebbanburg podem muito bem ter sido os primeiros europeus no continente americano. E chegaram quinhentos anos antes de Cristóvão Colombo, navegador e explorador italiano, responsável por liderar a frota que alcançou a América em 1492, ou seja, de acordo com a História, o primeiro europeu a chegar ao continente – que tem cerca de 15 mil quilômetros – localizado no hemisfério ocidental e que se estende, no sentido norte-sul, desde o oceano 

Ártico até o cabo Horn.

Ah, esses vikings!

Só nos resta encerrar com o brinde característico deles: “Skol!”

Era assim que os vikings celebravam o retorno de seus guerreiros das batalhas. Eles eram recebidos com canecos de cerveja, considerada uma bebida fortificante.


[Fonte: G1 // Ciência e Saúde] 




Ultimas Notícias

Suplementação não é eficiente para melhorar prognósticos ou conferir sobrevida em casos de câncer

Postado por:

É muito comum escutarmos falar por aí a respeito de prescrições médicas que, contendo os mais variados tipos de suplemento, destinam-se a melhorar o prognóstico ou a sobrevida em casos de câncer.

LEIA MAIS

Norte-americanos desenvolvem adesivo que ajuda a transformar gordura branca em marrom e, assim, contribui para o tratamento de sobrepeso

Postado por:

Você ouviu falar sobre um adesivo – com jeitão de curativo – que pesquisadores norte-americanos inventaram, em abril deste ano, para substituir a tradicional injeção da vacina da gripe?

LEIA MAIS

Vamos falar sobre sedentarismo?

Postado por:

A ação da seleção natural fez com que – dos nossos ancestrais para cá – descêssemos das árvores e ganhássemos pernas e braços longos, fortes e articulados, para andar, correr, abaixar e levantar com eficiência e facilidade.

LEIA MAIS

Uma homenagem à criançada! Hoje é o dia de vocês!

Postado por:

Dia das Crianças na área.

LEIA MAIS

Saiba quando o lúpus leva à necessidade de transplante de rim

Postado por:

Lúpus. Você já deve ter ouvido falar.

LEIA MAIS

Pós-Graduação Unincor - Todos os Direitos Reservados.