App brasileiro que conecta catadores e facilita reciclagem fica entre os 20 finalistas de concurso mundial. Vencedor receberá prêmio de US$ 50 mil

App brasileiro que conecta catadores e facilita reciclagem fica entre os 20 finalistas de concurso mundial. Vencedor receberá prêmio de US$ 50 mil
  •  

E se, além de existir para facilitar o descarte de materiais recicláveis (e, claro, melhorar – substancialmente – a renda de catadores brasileiros de resíduos), um app nacional fosse selecionado como finalista de concurso mundial criado para reunir e impulsionar os negócios de empreendedores sociais ao redor do planeta?

No seu ponto de vista seria incrível?

Pois pode usar o verbo no presente. É incrível. Porque é real.

Siimm! O aplicativo Cataki fico entre os 20 finalistas do concurso Chivas Venture 2019, concorrendo a um prêmio de US$ 50 mil.

Ufss!! 

Desenvolvido pelo movimento Pimp My Carroça – que atua no Brasil para tirar os catadores de materiais recicláveis da invisibilidade – o recurso tecnológico atua mostrando quais trabalhadores (representados por ícones de carrocinhas) estão mais próximos para impulsionar a coleta.

Não é muito legal? E, olha, 100% do dinheiro oriundo destas coletas fica com o (a) catador (a), viu?

Fantástico.

A iniciativa é mais do que bem-vinda se consideramos os números do Ministério do Meio Ambiente que dão conta de que pelos menos 56% dos municípios brasileiros lançam mão de depósitos inadequados quando o assunto é descarte do lixo produzido.

A plataforma, que é gratuita, gera – todo mês, no Brasil inteiro – mais de mil chamadas. Hoje, o Cataki conta, segundo seus criadores, com 1,4 mil catadores conectados ao aplicativo em quase 300 cidades brasileiras.

Sucesso! O meio-ambiente agradece! A economia nacional também.

Tá, mas e o resultado do concurso?

A votação pública foi encerrada em 30 de abril e a divulgação do nome do grande vencedor estava marcada para ontem, 9 de maio.

Aguardemos as notícias.

O pessoal do Cataki já tinha dito que, se recebesse o prêmio do concurso, teria uma nova meta: conectar o app a 1 milhão de pessoas (entre catadores, empresas, pessoas físicas e membros do poder público).

Viria bem a calhar, viu?

Porque, olha, de acordo com uma pesquisa promovida – em 2018 – pelo Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (Selurb) em parceria com a consultoria PwC (PricewaterhouseCoopers), sabe qual é o índice nacional de reciclagem no Brasil?

Apenas 3,7%.

Pouquíssimo, não?

Fica ainda mais inacreditável quando sabemos que 90% do que o Brasil recicla é fruto da atividade de uma categoria que conta com cerca de 1 milhão de profissionais: os catadores do nosso país.

Então? Bora torcer para termos faturado o prêmio?

Vamos esperar pela divulgação do resultado!


[Fonte: revistagalileu.globo.com]





Ultimas Notícias

Universidades mineiras analisam potencial medicinal de espécies vegetais encontradas em bacia hidrográfica

Postado por:

O Instituto de Ciências Agrárias (ICA) da UFMG e a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) se uniram para analisar – com fins de tratamento para doenças metabólicas – o potencial terapêutico e farmacológico de espécies vegetais nativas da Bacia do Rio Pandeiros.

LEIA MAIS

Neste 5 de agosto, celebramos o Dia Nacional da Saúde. Você tem cuidado direitinho da sua?

Postado por:

Se te perguntarmos, assim, rápido, “que dia é hoje?”, o que você responderia?

LEIA MAIS

Água: é preciso saber economizar o recurso natural fundamental para a vida no planeta e constitui direito humano

Postado por:

Já ouvimos muito a respeito da necessidade de economizarmos água desde já se quisermos garantir às próximas gerações a vida – e saudável – no planeta, certo?

LEIA MAIS

Alerta: obesidade no mundo já superou o número de famintos. Alimentação requer cuidados desde a infância

Postado por:

Acostumamos a relacionar a deficiência da nutrição à fome e à subnutrição, mas ela também pode se revelar por meio da obesidade, sabia?

LEIA MAIS

Pós-Graduação Unincor - Todos os Direitos Reservados.
POLÍTICA DE TROCA, DEVOLUÇÃO E ARREPENDIMENTO
CNPJ 54.933.536.0001/99