FDA acende sinal de alerta para a nova moda exportada pelo Vale do Silício: a compra de sangue jovem para reversão do processo de envelhecimento

FDA acende sinal de alerta para a nova moda exportada pelo Vale do Silício: a compra de sangue jovem para reversão do processo de envelhecimento
  •  

Mas, hein?

Não, você não se enganou com o que leu no título dessa matéria.

O Vale do Silício, na Califórnia (sempre ele!) acaba de disponibilizar mais um desses serviços que – será? – podem mudar todo o curso da história.

É que uma empresa da região passou a vender transfusão de sangue de pessoas jovens trazendo a possibilidade de “reverter o envelhecimento” em quem receber o material.

Afe!!

Sabe quanto custa a tal excentricidade? 

Está beeem longe de ser uma bagatela...

Endinheirados americanos já chegaram a pagar US$ 8 mil (mais de R$ 29 mil) por transfusão!

E a lista de interessados só cresce, viu?

Cerca de 100 pessoas –  automaticamente conhecidas como “vampiros” – já fizeram inscrição e estão na fila para receber transfusão.

Mas de onde vem esse sangue?

Os doadores são pessoas entre 16 e 25 anos, cujo sangue tem sido “largamente consumido” por pessoas a partir dos 35 anos, especialmente por aqueles que já passaram dos 60.

Claro que os médicos responsáveis defendem a ideia elencando que tal tratamento funciona, também, para uma série de males associados à velhice , como doenças do coração, diabetes e Alzheimer, maass, para a Food and Drug Administration (FDA), agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, não é bem assim não.

O órgão – preocupado com a recorrência de casos identificados – já advertiu que não há qualquer benefício clínico comprovado de infusão de plasma de doadores jovens para curar, mitigar, tratar ou prevenir essas condições. E concluiu alertando que existem riscos associados ao uso de qualquer produto de plasma.

A indicação da entidade é a de que os consumidores fiquem o mais longe possível das transfusões.

Dá para acreditar no que as pessoas são capazes de fazer em nome da juventude eterna?


[Fonte: Portal iG // Saúde]




Ultimas Notícias

Depois de pesquisar, por décadas, sobre o assunto, professor americano alerta: o trabalho está matando as pessoas

Postado por:

Parece até uma ironia falarmos – no Brasil, que conta um “exército” de desempregados – sobre estudos que dão conta de que o trabalho está matando as pessoas mundo afora e ninguém se atenta a isso, não?

LEIA MAIS

O tato também é um sentido que pode ser perdido ao longo da vida. Com alimentação adequada é possível evitar o problema

Postado por:

Você sabia que, além da visão e da audição, podemos – com o tempo – perder, também, o tato?

LEIA MAIS

Brasil vem marcando “pontos negativos” no que tange ao aprendizado de matemática

Postado por:

Péssima notícia para a Educação brasileira! Em seu relatório mais recente, o movimento Todos pela Educação trouxe dados que revelaram que – entre 2007 e 2017 – o aprendizado de matemática dos estudantes do 3º ano do ensino médio caiu 0,7 ponto percentual em nosso país.

LEIA MAIS

Karen Uhlenbeck, setuagenária americana, é a primeira mulher a receber Prêmio Abel de Matemática

Postado por:

Você, certamente, já ouviu falar do Prêmio Nobel, honraria (composta por seis categorias) que – representando o último desejo do cientista sueco Alfred Nobel – a partir de 1895 passou a ser concedida a pessoas ou instituições que realizaram pesquisas, descobertas ou contribuições notáveis para a humanidade no ano imediatamente anterior ou no curso de suas atividades.

LEIA MAIS

Pós-Graduação Unincor - Todos os Direitos Reservados.