Canadá já tem o primeiro “caixa eletrônico” de opióides

Canadá já tem o primeiro “caixa eletrônico” de opióides
  •  

Quantas vezes você já não ouviu falar por aí (ou você mesmo/a disse) a frase “Mas tinha que ser no Brasil!”? Muitas, apostamos.

É, mas o que vamos te contar a seguir supera a nossa terrinha, viu? E é digno de alteração geográfica na insatisfação expressada pela frase, transformando-a em “Só podia ser no Canadá mesmo..”.

Qual o motivo de tamanha animosidade? É que Vancouver, uma movimentada cidade portuária do país em questão acaba de lançar a primeira máquina automática de opióides.

Oi? Como assim?

Um caixa eletrônico de drogas?

Em um primeiro momento, analisando, de chofre, é mais ou menos isso aí...

Maaass, aprofundando-se no tema, não é bem assim.

O MySafe – a primeira máquina automática de entorpecentes operando no Canadá – faz parte de um projeto que tem por objetivo tentar reduzir as mortes por overdose. 

Funciona assim: o (a) interessado (a) não precisa pagar pela dose e o medicamento disponibilizado pela máquina está incluso no Pharmacare, parte do sistema público de saúde canadense que cobre fármacos.

O “caixa eletrônico” em questão trabalha com comprimidos de hidromorfona, droga utilizada para o alívio de dores fortes e que pode servir como alternativa à heroína adquirida nas ruas.

Se não for administrada corretamente, a hidromorfona pode – assim como outros opióides – levar à overdose. Foi exatamente o que ocorreu, em 2016, com o cantor Prince. Ele teve uma overdose após uso excessivo de medicamentos contendo fentanil (substância muito usada em anestesias).

Então? Qual a sua opinião?

Você acha que a ideia pode dar certo?

Imagine se essa moda pega aqui no Brasil...


[Fonte: Revista Superinteressante]





Pós-Graduação Unincor - Todos os Direitos Reservados.
POLÍTICA DE TROCA, DEVOLUÇÃO E ARREPENDIMENTO
CNPJ 54.933.536.0001/99